Ultimas

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Ocorrências policiais registradas este final de semana em Lavras da Mangabeira e no Cariri


Quatro tentativas de homicídios foram registradas neste final de semana no Cariri, sendo duas à bala no bairro Frei Damião em Juazeiro e uma em Milagres e mais uma a golpes de foice em Lavras da Mangabeira. Além disso, um caso de violência doméstica no bairro Triângulo, três de agressões em Barbalha e Lavras da Mangabeira. As vítimas de homicídios à bala foram: Damião Edson Nascimento de Moura, de 30 e Ediclermeçon Pedro dos Santos, de 18 anos (Juazeiro); Wilians Barbosa da Silva, de 32 e Antônio Jorge da Silva, de 22 anos (Crato) e Cícero Cardoso Balbino Filho, de 26 anos (Missão Velha).

Por volta das 09h30min, na Rua Severina Lindalva Soares (Frei Damião), João B. N. A, de 20 anos, o “Joãozinho, residente no bairro Antônio Vieira, foi alvejado com quatro tiros, sendo um no ombro, dois nos braços e outro nas costas. O crime foi praticado por dois homens em uma moto de cor prata e a vítima terminou socorrida por populares ao Hospital Regional do Cariri (HRC).

Uma hora e meia antes e no mesmo bairro, imediações da Indústria PVC, Cícero R. G. M., de 28 anos, ali residente, foi alvejado com dois tiros, sendo um nas nádegas de raspão e um no braço esquerdo. Os disparos foram efetuados por um homem em uma motocicleta Honda de cor preta na qual fugiu e não foi localizado nas diligências feitas por policiais militares. A vítima foi socorrida em uma ambulância do SAMU ao HRC.

Antes, ainda na sexta-feira na Rua José Xavier Dantas, 92 no centro de Milagres, o comerciante Luis Alberto Landim, de 55 anos, o “Luiz de Azarias”, ali residente, foi vítima de um atentado à bala. O mesmo não ofoi atingido pelos disparos e, na Delegacia, acusou o Secretário de Eventos da Prefeitura de Milagres, Francisco Eugênio Pereira Queiroz, de 39 anos, como autor. Este mora no Sítio Fronteiro e fugiu com a pistola calibre 380 num Fiat Strada de cor branca. A vítima estava em seu bar quando o mesmo chegou atirando.

Uma hora depois Francisco oJosé Barbosa de Souza, de 30 anos, o “Zé Maxixe”, residente na Rua Maria Zilda, 546 (Vila Bancaria) em Lavras da Mangabeira, foi acusado de agredir seu próprio irmão. Ele é ex-presidiário, apresentava sinais de ter ingerido bebidas alcoólicas e saiu na direção da casa da ex-companheira para deixar os filhos. Ao notar a chegada da viatura, tentou fugir pelos fundos sendo preso. No bairro Triângulo em Juazeiro uma mulher de 29 anos foi agredida pelo seu companheiro Hedinaldo A de M, que foi preso.

No início da madrugada de sábado, perto do Bar da Goiaba que funciona na Rua Vicente Lobo de Macedo em Lavras da Mangabeira, havia uma festa dançante ao término da qual os jovens Antonio Santos Neto e Francisco Aldevan Beserra, residentes na Rua Maria Zilda na Vila Bancaria, entraram em luta corporal e foram levados para a Delegacia. O conflito foi separado pelos próprios policiais militares.

Por volta das 18h30min deste domingo, na Rua Coronel Antônio Fernandes, 33 (Pirajá) em Juazeiro, uma jovem de 27 anos, ali residente, foi agredida por seu irmão Emanoel Vieira Oliveira, de 23 anos, que foi preso. Já às 19 horas em Lavras da Mangabeira o operador de maquinas, Antonio Joaquim da Silva, de 43 anos, deu entrada no hospital local após ser lesionado com um golpe de foice no tórax. A autoria do atentado foi Maria Rita Maia de Sousa, de 41 anos, residente no Sítio Juá a qual foi presa com a foice já devidamente lavada.

Fonte: Miséria

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 Lavras na Mídia - Onde você se conecta! - Lavras da Mangabeira/CE