Ultimas

quarta-feira, 13 de julho de 2016

Justiça determina a Suspensão dos trabalhos da Comissão processante contra o Prefeito de Lavras


A justiça de Lavras da Mangabeira acaba de conceder liminar ao prefeito Gustavo Augusto Lima Bisneto no tocante a uma ação que foi dada entrada na Câmara Municipal local que se transformou em uma comissão processante que buscava averiguar crime de responsabilidade fiscal do atual gestor.

A ação impetrada pelo suplente de vereador, Francisco de Assis Viana pedia o afastamento imediato do prefeito Dr. Tavinho.

Na última sexta feira (08/07), a justiça local, através da doutora Larissa Braga Costa de Oliveira, juíza de direito da comarca de Lavras da Mangabeira, expediu liminar suspendendo os trabalhos da comissão processante. De acordo a doutora Larissa a denuncia se baseia tão-somente em matéria jornalística ainda não confirmados os indícios de violação à lei de responsabilidade fiscal pelo necessário parecer técnico do tribunal de contas dos municípios.

A comarca local já fez a devida notificação a presidência da câmara municipal de Lavras da Mangabeira.

Segue a baixo a liminar concedida.








Antes

Na tarde da última terça-feira, dia 28 do mês junho a população lavrense (28/06) foi as ruas, de maneira particular, a Sede do Poder Legislativo lavrense. O Povo foi a Câmara Municipal para repudiar ato daquela Casa contra o atual gestor do município.

Segundo os populares, a ação de afastar um prefeito popular do cargo por ter sua gestão ultrapassado em 1,6 o limite prudencial com gasto com pessoal é fantasiosa e política não tendo respaldo jurídico.

Antes mesmo do começo da sessão ordinária, a última do primeiro semestre de 2016, milhares de populares já estavam do lado de fora aguardando o inicio.

Cartazes, Faixas e Palavras de Ordem deram o tom da manifestação que foi acima de tudo pacífica.

Mulheres, homens, jovens e adultos lotaram as dependências da casa do povo. Gritos de Golpistas foram entoados por diversas vezes durante a sessão que foi suspensa pelo presidente da Câmara Municipal local Vereador Vicente Crente que chegou a indagar do público: "Vocês não tem o que fazer em casa não?". A frase do presidente irritou os presentes que lembraram ao mesmo que Câmara Municipal é a Casa do Povo e que eles ali estão passando "uma chuva".

A polícia militar foi chamada e até reforço policial da vizinha cidade de Várzea Alegre foi solicitada pela Presidência da Casa.

Professores, Agricultores, Universitários, Agentes Comunitários de Saúde, Agente de Endemias, Donas de Casa, Comerciantes, enfim, todos se uniram na manifestação em na defesa do Prefeito de Lavras da Mangabeira.

Alguns Vereadores da Oposição se assustaram e se surpreenderam com a quantidade de populares que literalmente invadiram a Câmara Municipal.

A Câmara Municipal entrou em Recesso Parlamentar naquela mesma tarde e só voltará no dia 02 de Agosto as suas atividades normais. A População prometia toda sessão estar presente para evitar o que estão intitulando esta ação de GOLPE.







































FONTE: BLOG DO PAULO SÉRGIO DE CARVALHO

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 Lavras na Mídia - Onde você se conecta! - Lavras da Mangabeira/CE