Ultimas

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Cavalo que foi esfaqueado em Iguatu, passa por cirurgia em Lavras


Os moradores de Iguatu, a 380 quilômetros de Fortaleza, estão revoltados com um caso que envolve maus tratos a um cavalo. É tanto, que aconteceu uma manifestação no último sábado (17), a partir de 17h, em prol dos animais.

O motivo da revolta seria contra a ação de um homem que esfaqueou um cavalo, por causa de uma dívida com o dono do animal. O cavalo chegou a ter o pescoço cortado, como também várias partes do corpo foi esfaqueada, mas sobreviveu aos ferimentos. O agressor foi levado à delegacia, onde foi realizado um TCO, e logo em seguida o agressor do animal que não teve o nome revelado à imprensa, foi liberado.

Segundo os participantes da ONG Adota Iguatu, não é a primeira vez que acontece um caso como esse. Cachorro, burro e gatos também já sofreram maus tratos no município.

O cavalo ficou cego de um olho e passou por procedimento cirúrgico. Ele foi transportado para Lavras da Mangabeira, onde passou por uma cirurgia na Clínica Veterinária de Equinos-Cliveq, sob a responsabilidade do Médico Veterinário Mário César Alves Pereira.

A cirurgia custou R$ 6 mil, mas como o dono do animal não tem condições de arcar com os custos, a ONG está realizando uma campanha para receber doações com o objetivo de ajudar no pagamento.

Conforme o Doutor Mário César, o cavalo que custa em média Cinquenta Mil Reais, está se recuperando bem e já foi liberado.

Com informações de Furtado Guedes.

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 Lavras na Mídia - Onde você se conecta! - Lavras da Mangabeira/CE